AF01 - A Educação para o Desenvolvimento como dimensão da Educação para a Cidadania

Escrito por Super User. Publicado em Ações de Formação já iniciadas

A Educação para o Desenvolvimento como dimensão da Educação para a Cidadania promovida pela Direção Geral de Educação

Ação de Formação: A Educação para o Desenvolvimento como dimensão da Educação para a Cidadania

 Prazo de inscrição: de 7 de dezembro de 2018 a 17 de dezembro de 2018.

 Modalidade: Oficina

 N.º de horas de formação acreditadas: 50 (25 horas de formação presencial; 25 horas de trabalho autónomo dos formandos)

 Destinatários: Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico, Secundário e de Educação Especial

Entidade Formadora: Direção-Geral da Educação

Resultado de imagem para logotipo dge

 

 

Para inscrição na ação de formação é necessária a inscrição prévia do docente na Plataforma de formação da DGE AQUI

Para mais informação aceda à página da Formação Contínua da DGE

Enquadramento e objetivos:

Face a problemas e desafios que se colocam à construção de um mundo mais justo, inclusivo e solidário, a compreensão crítica e a participação informada apelam ao papel crucial da escola na Educação para a Cidadania, nas suas diversas dimensões interdependentes e complementares, nomeadamente a Educação para o Desenvolvimento/Desenvolvimento Sustentável.

Neste contexto, esta ação de formação visa:

- Promover a implementação da Educação para o Desenvolvimento/Desenvolvimento Sustentável nos currículos escolares, enquadrada pelo Referencial de Educação para o Desenvolvimento – Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Ensino Secundário. Tal passa, nomeadamente, pela aquisição/atualização do conhecimento sobre os temas e subtemas do Referencial (conceitos inerentes, problemas e desafios do desenvolvimento em diferentes contextos);

- Incentivar o recurso a metodologias de ensino e aprendizagem centradas no aluno, capazes de contribuir para uma visão crítica do mundo e para a ação construtiva e transformadora, no respeito pelos direitos humanos;

- Fomentar práticas pedagógicas que integrem a componente vivencial da cidadania, através da realização de iniciativas que interliguem o trabalho de sala de aula com a ação da escola no seu todo e em ligação com a comunidade.